px acessibilidade mapa do site contactos pesquisa área de entidades copyright       
px
px Delegação px Noticias px Eventos px Entidades px Museu px Formulários px FAQ px Hiperligações px Procedimentos Concursais Comuns px Contratação Pública px
px
px
Distrito de Leiria   Distrito de Coimbra   Distrito de Coimbra (2)   Distrito de Viseu   Distrito de Aveiro   Distrito de Aveiro (2)
px

Museu > Distrito de Viseu > Concelho de Tondela >
MEMORIAR

Autor: TRIGO LIMPO.Teatro ACERT (Direcção artística: José Rui Martins;
Direcção plástica: José Tavares; Direcção técnica: Luís Viegas)
Localização: Tondela, Freguesia de Molelos, Nó do IP3 junto à EN230, Acesso Tondela/Molelos; Coordenadas: N 400 31´32’’; W 80 05´14´´.

Data de inauguração: 4 de Junho 2006
Promotor: Trigo Limpo teatro ACERT, a convite do projecto "peregrinação" da Expoྞ
Materiais: Ferro e madeira
Dimensões: 6,00m x 6,00m x 3,50m
Descrição: Trata-se de um boneco agigantado que, transformado na máquina de cena “Memoriar”, marcou de forma ímpar o panorama nacional com a sua mui bicicletante arte. Inspirada num brinquedo popular de madeira que contém memórias da infância e sinais da multiculturalidade, é conduzida pelo ciclista "Caramulo", devido ao nome da montanha que mais próxima fica do seu local de nascimento – Tondela.
A madeira que veste esta engrenagem de teatro e música é um pedaço natural num corpo que transmite festa, mas que é também grito de subversão sem tratado, que não aspira à solidez de qualquer pertinência.
Historial: Num lugar especialmente concebido para o efeito, ajardinado na entrada principal para a cidade de Tondela (IP3 Viseu - Coimbra), visto por quem entra no Concelho como por quem está de passagem em direcção a Coimbra, foi colocada a máquina de cena Memoriar para comemorar os 30 anos da ACERT.
No local pode-se ler, em duas placas, o seguinte: MEMORIAR/Maquina de cena criada pelo TRIGO LIMPO teatro ACERT/Produzida para a “Peregrinação” – Lisboa Expo 98/Desfile diário na Expo Hannover 2000/Atuação em várias cidades de Portugal. / Memoriar é acreditar que a pedalada gigante do Ciclista Caramulo pode sustentar um sonho colectivo com raízes nestas terras e nestas gentes./Memoriar é o percurso de confluência de identidades regionais na fraternidade com outras culturas e outros povos./Memoriar é partilhar uma aventura de 30 anos de afetos teatrais com o MUNDO e estar comprometidamente feliz com Tondela. /1976-2006/A Câmara Municipal de Tondela presta um tributo aos 30 anos de ACERT.
Bibliografia: Informações cedidas pela Associação Cultural e Recreativa de Tondela – ACERT e pela Câmara Municipal de Tondela

Ano do Registo Fotográfico: 2010 DRCC
 MEMORIAR px