px acessibilidade mapa do site contactos pesquisa área de entidades copyright       
px
px Delegação px Noticias px Eventos px Entidades px Museu px Formulários px FAQ px Hiperligações px Procedimentos Concursais Comuns px Contratação Pública px
px
px
Distrito de Leiria   Distrito de Coimbra   Distrito de Coimbra (2)   Distrito de Viseu   Distrito de Aveiro   Distrito de Aveiro (2)
px

Museu > Distrito de Viseu > Concelho de Viseu >
Monumento aos Combatentes da Guerra do Ultramar


Autor: Arquitecto António Mata

Localização: Viseu. Freguesia de Repeses. Rotunda de Repeses.

Data de Inauguração: 28.10.2001

Promotor: Liga dos Combatentes e Associação de Deficientes das Forças Armadas

Materiais: Granito e água

Dimensões: Base circular com 1300 cm de diâmetro; esfera em granito com 200 cm de diâmetro; 10 cilindros (280 cm de altura) e um espelho de água com 400 cm de diâmetro.

Descrição/ Tema: O monumento pretende homenagear os combatentes da “Guerra do Ultramar”, surge representado por um conjunto escultórico que se desenvolve-se numa composição geométrica de texturas diferenciadas que matizam o conjunto.
Apresenta uma base delineada por três círculos concêntricos, os dois externos, revestidos a lajes de granito, mantendo no primeiro a textura rugosa da pedra, enquanto no segundo é polida, este encontra-se ligeiramente elevado e subdividido em 16 partes alternadamente sobrelevadas, no círculo do centro possui um espelho de água, do qual emerge um elemento esférico de granito, em oposição a 10 elementos cilíndricos que se erguem em colunata, circundando sensivelmente um quarto da base.
Podendo denunciar a formação arquitectónica do autor, a obra nas sua linhas geometrizantes, transmite equilíbrio formal e espacial numa harmoniosa conjugação de luz e sombra.

Historial: O monumento foi erigido em 2001, em homenagem aos combatentes da guerra do ultramar / colonial, guerra essa que durou 13 anos, entre 1961 e 1974, correspondente ao período de confrontos entre as Forças Armadas Portuguesas e os Movimentos de Libertação das antigas províncias ultramarinas.
Bibliografia:

Fotógrafo: Alfredo Costa
Ano de Registo Fotográfico: 2004

 Monumento aos Combatentes da Guerra do Ultramar px