px acessibilidade mapa do site contactos pesquisa área de entidades copyright       
px
px Delegação px Noticias px Eventos px Entidades px Museu px Formulários px FAQ px Hiperligações px Procedimentos Concursais Comuns px Contratação Pública px
px
px
Distrito de Leiria   Distrito de Coimbra   Distrito de Coimbra (2)   Distrito de Viseu   Distrito de Aveiro   Distrito de Aveiro (2)
px

Museu > Distrito de Castelo Branco > Concelho de Covilhã >
CAMPOS MELO

Autor: Desconhecido

Localização: Covilhã, Freguesia de Santa Maria, Rua Cidade do Fundão
(coordenadas: N 40º 27788; W 007º.5143)

Data de Inauguração: 1970

Promotor:

Materiais: Estátua: bronze; pedestal: granito

Dimensões: Estátua: 342cm (alt. Aprox.); base: 143cm x 128cm; pedestal: 160cm x 132cm

Descrição/ Tema: Estátua de pé, moldada em bronze, de arte contemporânea, de cariz modernista. Integrada no centro de uma avenida, num espaço ajardinado, sobre um pedestal vertical de configuração geométrica, detendo numa das faces, uma placa em bronze com uma inscrição alusiva a Campos de Melo. A estátua é constituída por uma figura masculina com alguma rigidez formal, de braços caídos e mãos abertas também voltadas para baixo e vestida de fraque.

Historial: Monumento erigido em 1970, em homenagem a “um notável filho da terra”, José Maria Veiga da Silva Campos Melo (1840-1890), “fez os estudos secundários num colégio de Lisboa... continuou os estudos em Inglaterra e na Bélgica”. Sendo um homem viajado, teve oportunidade de conhecer, cidades industriais e grandes fábricas, contactando com as maiores novidades tecnológicas a nível europeu, da época.
Veio a ser um dos maiores industriais do seu tempo, sendo o responsável pela introdução de novos mecanismos e aperfeiçoamento da indústria têxtil. Desenvolveu o ensino primário e o ensino técnico na Covilhã, sendo ele o principal impulsionador da criação da Escola Industrial em 1884. Promoveu a assistência médica e a criação de habitações para os operários. Foi o principal fundador cerca de 1870, da Associação Protectora da Infância, na origem designada por “Real Associação Protectora de Infância Desvalida”. Foi ainda Vereador e Presidente da Câmara Municipal da Covilhã. A inscrição alusiva ao homenageado consta no pedestal numa placa em bronze, mas anteriormente era composta por letras em bronze, individualmente afixadas no pedestal, conforme atestam as fotos tiradas pelo fotógrafo em 2005; inscrição: “José Maria / Veiga da Silva / Campos Melo / 1840-1890 / Fundou na Covilhã a Primeira Escola Técnica do País, em 1884. / Impulsionou Decisivamente o Desenvolvimento Económico da Nação”.
.

Bibliografia: http://www.cm-covilha.pt/simples/?f=2341, 2011-02-24;
http://www.esec-campos-melo.rcts.pt/topframe/conteudos/historia.html, 2011-02-24
Algumas informações foram cedidas pela Câmara Municipal da Covilhã

Fotógrafo: Pedro Medeiros

Ano de Registo Fotográfico: 2005
 CAMPOS MELO px