px acessibilidade mapa do site contactos pesquisa área de entidades copyright       
px
px Delegação px Noticias px Eventos px Entidades px Museu px Formulários px FAQ px Hiperligações px Procedimentos Concursais Comuns px Contratação Pública px
px
px
Distrito de Leiria   Distrito de Coimbra   Distrito de Coimbra (2)   Distrito de Viseu   Distrito de Aveiro   Distrito de Aveiro (2)
px

Museu > Distrito de Castelo Branco > Concelho de Covilhã >
OPERÁRIO TÊXTIL

Autor: Rodolfo Passaporte; execução de “Domingos Valentim P. Inácio, Lda”

Localização: Covilhã, Freguesia* , Rotunda da Avª da Anil
(Coordenadas N: 40º,27322; W: 007º,47937)

Data de Inauguração: *?

Promotor: Câmara Municipal da Covilhã e Associação “Os amigos da Covilhã”

Materiais: Granito, calcário e metal; Base: alvenaria e plataformas de granito

Dimensões: 285cm X 152cm x 161cm; Base 200cm x 185cm x 69cm x 148cm

Descrição/ Tema: Composição de arte contemporânea, figurativa. Assenta sobre uma base paralelepipédica, composta por duas “plataformas de tamanhos diferenciados” em granito, intercaladas por alvenaria de pedra irregular. A composição compreende uma placa de granito ao alto, esculpida, lembrando um “pergaminho desenrolado”, contendo na parte frontal um alto relevo, personificando o operário têxtil, onde exibe uma “roda dentada”, da qual emerge uma figura humana, a abraçar um “cordeiro” , ao mesmo tempo que na mão direita segura uma “lançadeira” (instrumento utilizado na tecelagem), apresentando ainda, uma inscrição metálica “HOMENAGEM / AO OPERÁRIO TÊXTIL / DA COVILHÔ. Na parte posterior, apresenta sete barras metálicas aparentemente sustentando a composição. Exibe ainda em baixo relevo, o antigo brasão da Cidade da Covilhã e uma inscrição com uma quadra da autoria de Maria Alice M. “O TECELÃO QUE TECESTE / COM GALHARDIA O TEU PÃO / CARDASTE FIASTE / CO’ A CANELA POR PIÃO”. Rodolfo Passaporte foi também o autor da peça agregada ao Monumento do Soldado desconhecido em 1999, localizado nesta mesma cidade da Covilhã, na qual segue uma gramática semelhante.

Historial: Tendo sido a Covilhã um dos centros mais importantes da indústria têxtil do País, o “Operário” foi certamente o principal “motor” do crescimento industrial, que iniciou no finais do séc. XIX. A Câmara Municipal da Covilhã e a Associação “Os amigos da Covilhã”, foram os promotores da realização deste conjunto escultórico, como homenagem aos operários que tanto contribuíram para o desenvolvimento desta cidade.

Bibliografia: http://www.cm-lisboa.pt/?idc=137&idi=36165, 2010-10-19;
http://www.cm-covilha.pt/simples/?f=2268, 2010-10-19

Fotógrafo: Pedro Medeiros

Ano de Registo Fotográfico: 2005

 OPERÁRIO TÊXTIL px