px acessibilidade mapa do site contactos pesquisa área de entidades copyright       
px
px Delegação px Noticias px Eventos px Entidades px Museu px Formulários px FAQ px Hiperligações px Procedimentos Concursais Comuns px Contratação Pública px
px
px
Distrito de Leiria   Distrito de Coimbra   Distrito de Coimbra (2)   Distrito de Viseu   Distrito de Aveiro   Distrito de Aveiro (2)
px

Museu > Distrito de Coimbra > Concelho de Cantanhede >
VOZ DE MULHER

Autor: Manuela Madureira (n. 1930)

Localização: Cantanhede, Freguesia de Cantanhede, Av. do Brasil

Data de Inauguração: 2001 (execução)

Promotor: Câmara Municipal de Cantanhede

Materiais: Pedra calcária Semi Rijo

Dimensões: 360 cm x 130 cm x 55 cm

Descrição/ Tema: Escultura de arte contemporânea. A artista afasta-se do talhe tradicional a partir de um monobloco de pedra, utilizando a técnica de ensamblagem em articulação com a criação de diversas texturas. Na parte inferior, a escultura tem a seguinte inscrição com a letra “D” em grande plano abrangendo todas as palavras “DITAMES / DIREITOS / DEVERES / DIGNIDADE / DA MULHER”.
Segundo a escultora a obra “…simboliza a mulher heroína na busca permanente da justiça e honra, dando voz à defesa dos seus direitos, das suas opiniões, das suas regras e da sua dignidade. Para isso, nela se representa uma boca, lá bem no alto (acima da do homem e abaixo da de Deus), cujas palavras reflectem, sem desânimo, um conjunto de sentimentos, puros, mas sempre assumidos magnanimamente”.

Historial: Obra da autoria Manuela Madureira, concebida no âmbito do III Simpósio Internacional de Escultura de Cantanhede que decorreu entre 15 e 30 de Maio de 2001. Promovido pela Câmara Municipal de Cantanhede.

Bibliografia: Criação: III Simpósio Internacional de Escultura de Cantanhede, ed. Câmara Municipal de Cantanhede 2001;
http://www.escultor.com.pt/manuelamadureira; 2010-02-17

Fotógrafo: Jorge Neves

Ano de Registo Fotográfico: 2005
 VOZ DE MULHER px

 
Itens no mesmo Distrito