px acessibilidade mapa do site contactos pesquisa área de entidades copyright       
px
px Delegação px Noticias px Eventos px Entidades px Museu px Formulários px FAQ px Hiperligações px Procedimentos Concursais Comuns px Contratação Pública px
px
px
Distrito de Leiria   Distrito de Coimbra   Distrito de Coimbra (2)   Distrito de Viseu   Distrito de Aveiro   Distrito de Aveiro (2)
px

Museu > Distrito de Leiria > Concelho de Leiria >
Lis e Lena

Autor: Lagoa Henriques (1923-2009)

Localização: Leiria, Freguesia de Leiria, Largo Goa Damão e Diu
(Coordenadas: N: 39º 44’ 37.1’’; W: 008º 48’ 25.4’’)

Data de Inauguração: 22-05-1973

Promotor: Comissão Municipal de Turismo, Câmara Municipal de Leiria e Federação dos Municípios

Materiais: Escultura: bronze

Dimensões:

Descrição/ Tema: Grupo escultórico em bronze de arte contemporânea. Integrado na Fonte Luminosa, de jactos de água e cascata. Sobressai ao centro da cascata numa alusão aos Rios Lena e Lis. O artista oferece ao espectador uma composição equilibrada com uma depuração formal que é seguida por si em várias das suas obras, uma influência que pode atribuir-se ao contacto com a obra do italiano Marino Marini, do qual recebeu orientação quando da sua estadia em Itália. Apresenta sobre uma base que faz lembrar os seixos do rio, um emaranhado de árvores de troncos robustos, três figuras humanas, sendo de um lado uma “mulher” sentada sobre o tronco de uma das árvores, no outro um casal de pé, de mãos dadas, podendo interpretar-se como o encontro entre os rios evocados.

Historial: Esta obra foi promovida pela Câmara Municipal de Leiria em parceria com a Comissão Municipal de Turismo e Federação dos Municípios, vindo a ser inaugurada em 22 de Maio de 1973 pelo Governador Civil de Leiria no âmbito das comemorações da elevação de Leiria a cidade. A obra faz alusão a dois rios (Lena e Lis) ligados à cidade, sendo o Lena um afluente do Lis que nasce na Serra Daire e desagua “na cidade de Leiria”, enquanto o Lis nasce na proximidade de Leiria, no lugar de Fontes, na freguesia de Cortes, atravessa a cidade e vai desaguar no atlântico a Norte da Praia da Viera de Leiria.

Bibliografia: PEREIRA, José Fernandes, Dicionário de Escultura Portuguesa, Lisboa, Caminho 2005;
Alerta Leiria, Ed. do Agrupamento nº 127 do Corpo Nacional de Escutas, Leiria

Morreu o Escultor Lagoa Henriques, Jornal de Leiria, 26-02-2009;

Lagoa Henriques, site oficial: http://www.lagoahenriques.com/01.htm, 28-10-2009


Ano de Registo Fotográfico: 2009 DRCC




 Lis e Lena px